Entenda a diferença entre a eficácia da Coronavac para os casos mais graves e os mais leves

De todos os participantes dos testes com o imunizante, apenas 22% desenvolveram sintomas da Covid-19, por isso os 78% de eficácia para casos leves; vacina impede que todos os imunizados desenvolvam formas agravadas da infecção

Foto: Reprodução/ Governo de São Paulo

O Instituto Butantan divulgou nesta quinta-feira, 7, que a vacina contra o coronavírus desenvolvida em parceria com a biofarmacêutica Sinovac Life Science tem 78% de eficácia em casos leves da doença e 100% contra casos graves. A diferença entre a eficácia da vacina, entretanto, gerou dúvidas.

A taxa de eficácia foi de 78% para os infectados que apresentaram casos leves ou precisaram de atendimento ambulatorial. Isso significa que a cada cem voluntários que contraíram o vírus, somente 22 tiveram apenas sintomas leves, mas sem a necessidade de internação hospitalar.

“A vacina mostrou 100% de eficácia contra casos graves e moderados. Não houve nenhum caso grave de COVID-19 entre os voluntários imunizados com a vacina do Butantan”, explicou o diretor da instituição, Dimas Tadeu Covas. O estudo clínico realizado no Brasil contou com a participação de 12,4 mil profissionais de saúde voluntários em 16 centros de pesquisa.

Esclarecimento

O Instituto Butantan esclareceu que chegou-se aos números da seguinte forma: de todos os participantes dos testes com o imunizante, apenas 22% desenvolveram sintomas da Covid-19, por isso os 78% de eficácia para casos leves. Desses 22% sintomáticos, nenhum dos casos evoluiu para um quadro mais grave, concluindo-se então que a vacina protege totalmente contra o nível mais grave da doença.

Ou seja, segundo os resultados apresentados pelo Butantan, a Coronavac protege 78% das pessoas vacinadas de desenvolver qualquer sintoma da Covid-19 e impede que todos os imunizados desenvolvam formas agravadas da infecção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.