Em visita às obras da nova sede da Assembleia, Marconi reafirma corte de gastos

O tucano exaltou construções realizadas em suas três gestões, e pontuou várias outras que pretende fazer nos próximos quatro anos

Foto: Y. Maeda/ Assembleia Legislativa

Foto: Y. Maeda/ Assembleia Legislativa

Em visita às obras da nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás, o governador Marconi Perillo (PSDB) elogiou a construção e exaltou as várias obras realizadas durante os seus três mandatos. Parabenizando o presidente da Casa, Hélio de Sousa (DEM), em seu discurso o tucano também ratificou a necessidade de corte de gastos não só no Estado, como também em todo o país, para que partes essenciais da sociedade tenham mais investimento.

Marconi disse que a segunda parte do projeto deve ser enviada para a Assembleia Legislativa na próxima semana, e explicou que irá extinguir 300 cargos de gerências. “Vou discutir isso hoje à tarde. Vamos reduzir cargos nas agências, empresas públicas, e indicar as superintendências a serem extintas, quais vão continuar e quais as nomenclaturas novas”, garantiu, dizendo que ainda não pensou na equipe da próxima gestão. “Tenho até o dia 31 de dezembro para indicar.” 

Ao final do discurso, o gestor agradeceu aos parlamentares pelo apoio à reforma administrativa, aprovado em primeira votação na última quarta-feira (26). Na casa, o projeto recebeu dois votos contrários na Comissão Mista, de Ney Nogueira (SDD) e Major Araújo (PRP), e no plenário apenas Ney votou contra. Outros deputados que se opuseram ao projeto, como Simeyzon Silveira (PSC) e Daniel Vilela (PMDB), estiveram na comissão, mas não foram ao plenário para a primeira votação.

Questionado sobre os gastos nas obras, já que o governo redigiu o projeto de reforma administrativa a fim de conter gastos, Marconi afirmou que o poder legislativo tem verba independente. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Todos os recursos repassados serão do duodécimo”, garantiu. O tucano disse também que a própria Assembleia tomou algumas medidas para economizar

Ao dizer que dará o apoio necessário para a conclusão das obras, Marconi exaltou as obras realizadas durante os seus três mandatos, pontuando que muito ainda será feito no próximo mandato. “Estamos fazendo obras que irão ficar para a eternidade como grandes construções para nosso Estado”, disse, relembrando obras do Tribunal de Justiça, Centro Cultural Oscar Niemeyer, dizendo que no próximo mandado irá reconstruir o Estádio Serra Dourada, uma nova sede da Procuradoria-geral do Estado, entre outras. “Estamos zelando por tudo aquilo que pertence ao povo goiano.”

IPTU

Questionado sobre as discussões na Câmara Municipal acerca do aumento de 57,8% do IPTU, Marconi não quis comentar, e disse que já possui muitas preocupações. “Já falei sobre isso nas eleições. Sou contra qualquer aumento de tributo, mas eu já tenho coisa demais para fazer no governo, problema demais. Esse assunto é da Câmara e prefeitura. Não cabe a mim interferir nisso”, pontou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.