Em projeto de lei, vereadora Dra Cristina determina aumento do piso para fisioterapeutas

Parlamentar, que também é graduada na área, defende um salário de R$ 2.500,00 para profissionais com jornada de trabalho de 20 horas semanais

Vereadora Dra Cristina Lopes | Foto: Câmara Municipal de Goiânia

Apresentado nesta terça-feira (12/6) pela Vereadora Dra Cristina Lopes (PSDB), um projeto de lei institui o aumento do piso salarial para os cargos de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional em Goiânia. O objetivo, segundo a parlamentar, é garantir “direitos básicos das categorias envolvidas”.

A proposta estabelece o piso de R$ 2.500,00 mensais para fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais com a jornada de trabalho de 20 horas semanais e R$ 3.750,00 para jornada de 30 horas. O valor também deverá ser reajustado anualmente pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Fisioterapeutas do Estado de Goiás (Sindifisio), João Júnior, que esteve presente durante a sessão ordinária na Câmara, “em Goiás, existem 6000 fisioterapeutas devidamente qualificados que não tem nenhuma contrapartida com um piso salarial tão baixo, que atualmente é de de R$1.391,00″.

Para a vereadora isso mostra que “as relações de trabalho estão sendo fortemente abaladas com a reforma trabalhista e que o empregado está perdendo completamente sua representatividade com o enfraquecimento das entidades sindicais”. O projeto segue sem data para votação na Câmara.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.