Primeiro dia de decreto restritivo tem terminais e ônibus do transporte coletivo lotados

Em nota, a RedeMob Consórcio informou que a oferta de viagens do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana neste primeiro dia de decreto municipal da capital “é a mesma da semana passada, sem alterações”

Foto: Reprodução

Diversos trabalhadores estiveram, na manhã desta segunda-feira, 1, aglomerados em terminais rodoviários de diferentes pontos da capital. Mesmo com o sistema de saúde colapsado – com mais de 97% dos leitos de UTIs já ocupados -, a cena comum entre os usuários do transporte coletivo se repete todos os dias.

Apesar do decreto mais recente, que endureceu as medidas de isolamento e funcionamento das atividades comerciais a fim de conter a disseminação do coronavírus, o transporte público continua transbordando.

Testemunha da superlotação, o vereador Ronilson Reis (Podemos) percorreu alguns terminais da capital. “É uma irresponsabilidade por parte do Executivo. Fecham bares e restaurantes e esquecem de resolver o problema do transporte coletivo. A situação é precária”.

Em nota, a RedeMob Consórcio informou que a oferta de viagens do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana neste primeiro dia de decreto municipal da capital “é a mesma da semana passada, sem alterações”.

“A recomendação é que os clientes façam uso do aplicativo SiMRmtc para acompanhar o deslocamento dos ônibus em tempo real, podendo assim se programar e evitar esperas nos ponto de ônibus”, diz o comunicado.

A Prefeitura de Goiânia, por sua vez, disse, por meio das redes sociais, que a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) tem acompanhado a operação na RMTC com fiscais da Companhia monitorando as viagens.

“A CMTC acredita que o fluxo de passageiros registrado nesta manhã tenha relação com a orientação que será repassada hoje pelo patronal aos seus funcionários, visto que o decreto foi publicado no sábado”, argumentou.

Em outro trecho, destacou que a frota operacional na RMTC foi mantida e que a empresa Metrobus, que faz os deslocamentos no Eixo Anhanguera, está com 100% dos veículos em operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.