Em Goiânia, Marcos Pontes diz que tratará ministério como uma missão difícil

“Estou acostumado a receber missões difíceis de cumprir”, afirmou

Pontes é convidado para palestrar no Torneio Sesi de Robótica (Foto: Jornal Opção)

Nesta quinta-feira (1º/10), o astronauta Marcos Pontes falou sobre sua confirmação como Ministro da Ciência e Tecnologia no governo de Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito nas últimas eleições. O astronauta disse que ficou honrado com a escolha.

Para Pontes, o cargo será tratado como uma missão difícil. Mas conforta: “Estou acostumado a receber missões difíceis de cumprir”.

Pontes é convidado para palestrar no Torneio Sesi de Robótica, onde fala sobre a carreira e a experiência como primeiro astronauta brasileiro a ir para o Espaço.

O astronauta, que agora está na reserva, é formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e mestre em Engenharia de Sistemas pela Naval Postgraduate School, Califórnia, EUA. Marcos Pontes fez parte da Missão Centenária, em 2006, que comemorava o centenário do primeiro vôo de Santos Dumont, em 1906.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.