Em Berlim, Marconi apresenta o Goiás Sem Fronteiras e busca investimentos para o Estado

Governador também se reuniu com o chefe do escritório da The DAAD (Serviço de Intercâmbio Alemão), Daniel Zimmermann

Governador durante reunião nesta segunda-feira | Foto:Divulgação

Governador durante reunião nesta segunda-feira | Foto:Divulgação

O governador Marconi Perillo (PSDB) e o chefe do escritório da The DAAD (Serviço de Intercâmbio Alemão), Daniel Zimmermann, se encontraram nesta segunda-feira (19/10), na Embaixada do Brasil em Berlim. O tucano dedicou parte da agenda no País para buscar investimentos alemães para Goiás e também participou de reunião na Associação da Indústria Alemã de Alimentos (BDI) para a apresentação do programa “Goiás Sem Fronteiras”.

Somente em 2014 foram mais de 48 mil estudantes estrangeiros na Alemanha e 72 mil alemães estudando fora do País. Desde a criação da entidade, mais de 1 milhão e 700 mil estudantes vieram ou saíram da Alemanha. O programa recebe pelo site www.funding-guide.de abordagens e inscrições para mais de 80 oportunidades de bolsas de intercâmbio em universidades alemãs. O DAAD é a maior instituição de intercâmbio estudantil do mundo, possuindo um grande sistema de facilitação de troca de conhecimento e um orçamento anual de 500 milhões de euros.

Incentivados pelo programa Goiás Sem Fronteiras, os goianos escolheram com proposta principal aos alemães a ampliação do horizonte do ensino acadêmico de forma a preparar melhor o Estado para o modelo competitivo que se apresenta no Brasil e no mundo. Goiás possui hoje 50 mil alunos em universidades públicas, como UFG, UEG, e duas faculdades de ensino tecnológico. Tanto o Governo do Estado como FAPEG e UEG manifestaram grande interesse em intercâmbio de alunos e professores entre os dois sistemas.

Em reunião na Associação da Indústria Alemã de Alimentos (BDI), com a diretora do departamento de mercados internacionais da instituição, Sigrid Zirbel, e o membro do Conselho, Stefan Mair, além da embaixadora brasileira, Maria Luiza Viotti, Marconi mostrou que Goiás tem conquistado índices de crescimento acima da média nacional, resultado das facilidades tributárias e simplificação da burocracia, e está de portas abertas aos investidores alemães.

As autoridades alemãs presentes também conheceram o Goiás Sem Fronteiras e ficaram surpresas com a iniciativa goiana. Elas não pouparam elogios ao programa e mostraram forte interesse em conhecer a fundo seu funcionamento. Marconi mostrou a eles que o objetivo do Governo de Goiás é levar estudantes goianos para a Alemanha e receber pesquisadores daquele país no território goiano. Ele respondeu aos expositores que tem grande interesse em iniciar, a partir de 2016, o incentivo público à vinda de estudantes e professores para a Alemanha, se dispondo a planejar com critérios eficientes o sucesso deste propósito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.