Dono de propriedade onde Lázaro ficou escondido é indiciado pela Polícia Civil de Goiás

O homem é acusado pelos crimes de favorecimento pessoal e porte ilegal de arma de fogo

Elmi Caetano Evangelista. | Foto: Reprodução TV Globo.

A Polícia Civil de Goiás indiciou o fazendeiro Elmi Caetano, de 74 anos de idade, por ajudar o criminoso Lázaro Barbosa a fugir do cerco policial montado para prendê-lo na região de Cocalzinho de Goiás. O idoso foi indiciado pelos crimes de favorecimento pessoal e por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. 

O delegado Rafhael Neris, da Subdelegacia de Polícia de Cocalzinho de Goiás, escreveu em um relatório que Elmi Caetano, tentava a todo custo atrapalhar as buscas por Lázaro Barbosa. Neris ressaltou ainda que Elmi pode ainda ter auxiliado o criminoso em questão na prática de outros crimes. 

Alain Reis de Santana, o caseiro da propriedade de Elmi, não foi indiciado pela polícia, uma vez que não ficou comprovado se ele teria apoiado de fato a fuga de Lázaro Barbosa, atrapalhando o trabalho dos policiais. A defesa do caseiro afirmou que a decisão em questão foi correta e justa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.