Eduardo Prado requer moção de elogio a Rotam e Polícia Civil

Últimas operações das corporações somam mais de duas toneladas de drogas apreendidas, solucionaram dez homicídios e cumprimento de quase cem mandados

Delegado Eduardo Prado se colocou a disposição das corporações para criar projetos que as beneficiem | Foto: Alberto Maia

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado (PV) apresentou um requerimento de moção de elogio à Rotam e Polícia Civil na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). A justificativa da iniciativa foram as apreensões de 2 toneladas de maconha em Itajá após 36 horas de ação da Rotam; e a operação lex dominus, da Polícia Civil, que cumpriu 47 mandados de prisão e 50 mandatos de busca com 300 policiais envolvidos e mais de dez homicídios solucionados. 

Eduardo Prado afirmou: “Isso mostra que as forças de segurança pública estão engajadas. Como presidente da Comissão de Segurança Pública, só tenho a elogiar o trabalho da Polícia Militar, Civil e demais forças. Os índices caem e eu nunca vi a polícia tão motivada em 16 anos como delegado de polícia. Fico muito feliz com a sintonia entre as corporações, o trabalho de inteligência que antecipa a ação criminosa”.

O deputado afirmou ainda conversar com o Sindicato dos Policiais Civis de Goiás (Sinpol-GO) para apresentar projetos que desenvolvam a polícia e deem suporte aos servidores. “Não tem mais novo cangaço no estado de goiás. Detectamos todos esses criminosos e a maioria morreu em confronto com a polícia. É bom consignar que os bandidos estão com medo de vir à Goiás”, concluiu Eduardo Prado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.