Ebola já matou mais de 8,1 mil pessoas na África Ocidental

Espanha e o Senegal, que já foram declarados países livres do ebola, têm um caso cada, mas não há registro de mortos

Na foto, médicos brasileiros simulam resposta a eventual caso de ebola | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Na foto, médicos brasileiros simulam resposta a eventual caso de ebola | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O total de mortos pelo surto de ebola na África Ocidental subiu para 8.153, com 20.656 casos registrados, informou na última segunda-feira (5/1) a Organização Mundial da Saúde (OMS). Quase todos os casos de infecção e mortos foram registrados nos três países mais afetados: Serra Leoa, Libéria e Guiné-Conacri.

Há também registro de oito mortos na Nigéria, país declarado em outubro livre do ebola, seis no Mali e um nos Estados Unidos.

A Espanha e o Senegal, que já foram declarados países livres do ebola, têm um caso cada, mas não há registro de mortos. Na última semana, o Reino Unido noticiou o seu primeiro caso confirmado de ebola, uma enfermeira que voltou de Serra Leoa, cujo estado foi considerado crítico.

Em relação a 28 de dezembro, há 678 profissionais de saúde infectados, dos quais 382 morreram, informou a OMS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.