“É preciso implantar um compliance público”, diz Caiado sobre lançar ações à Saneago

Medida, sugerida pelo atual presidente da estatal, Jalles Fountoura, poderia “salvar” a economia goiana

Foto: Divulgação

Mesmo após a aprovação em primeira votação do projeto que vai reduzir os incentivos fiscais e aumentar a arrecadação de Goiás em R$ 1 bilhão em 2019, o governador eleito Ronaldo Caiado acredita que será necessário adotar regime de recuperação fiscal no Estado.

Para “salvar a economia”, o presidente da Saneago, Jalles Fountoura, disse recentemente ao Jornal Opção, que lançar ações à estatal ajudaria na arrecadação do Estado. “Hoje a Saneago é uma empresa que tem um patrimônio que vale mais de R$ 4 bilhões e é 100% do Estado. Basta seguir o modelo de outras boas empresas de saneamento como a Sanepar (Paraná), Sabesp (São Paulo) ou Copaza (Minas Gerais)”, explica o presidente da estatal.

Foutoura explica, que seria possível obter R$ 2 milhões com as vendas das ações. “Desse valor, R$ 1 bilhão seria investido na própria empresa, para melhorar o serviço oferecido e a outra metade poderia ser capitalizado pelo Estado, aumentando assim a arrecadação”, disse o atual presidente.

Para Caiado, para que isso aconteça é preciso implantar um compliance público na empresa, que responde a processos na Justiça Federal e saber se há condição de abri-la para venda de ações. “O déficit de investimento na Saneago nos últimos anos, em especial no atendimento de municípios é muito grande e se vê uma carência enorme nessa área. Mais de 50% dos municípios sofrem com escassez de água e falta tratamento de esgoto”, avaliou.

1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Zé paga impostos

Quanta ironia, o Sr. Caiado que combateu a venda da Celg vai abrir à ganância do Capital a exploração de serviços da Saneago. Nada como um dia após o outro para as pessoas se revelarem.

João

Isso está longe de ser ruim. Ou vai dizer que a Saneago é uma empresa melhor que a Sanepar ou a Sabesp?