Duas mil residências devem ser entregues no Estado até o fim de 2019

Anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado durante cerimônia de entrega de casas em Porangatu

Um evento realizado pelo governo estadual na manha de sábado, 26, entregou 216 moradias populares em Porangatu (GO). O município, que já recebeu outros dois Residenciais, Araguaia e Amazonas, com 352 casas, agora conquistou também o Residencial Tocantins, totalizando 568 famílias beneficiadas.

Mediante parceria entre a Prefeitura de Porangatu, o Governo de Goiás, Caixa Econômica Federal e Governo Federal, foram investidos R$ 15 milhões para a execução das obras. Emocionado, o governador destacou que agora a população goiana confia que o dinheiro depositado nos cofres públicos será revertido em melhoria da qualidade de vida da população. “Não tem nada que alegra mais a pessoa do que ter direito à casa própria. As pessoas estão sentindo confiança e sabem que o dinheiro depositado será aplicado em benefício do cidadão”, enfatizou Caiado.

O vice-governador Lincoln Tejota ressaltou a honra de retornar à cidade de “mão cheia”, levando o resultado de um trabalho de empenho dos agentes públicos que integram o atual governo. “A gente volta trazendo benefícios, honrando compromissos do governador: de melhorar a vida da população e trazer desenvolvimento para o Norte do Estado”, disse.

O prefeito Pedro João Fernandes reiterou que o município está de braços abertos para novas parcerias que trazem benefícios à população. “Quero enaltecer a importância da união entre o município, Estado e o Governo Federal. Quando as entidades públicas trabalham conjuntamente, o resultado é positivo e representa vantagem expressiva para a população”, e completou: “Estamos de braços abertos para as novas parcerias”.

Residencial Tocantins

O Governo de Goiás investiu R$ 10 mil em cada unidade habitacional, o que resulta em R$ 5.680 milhões em todo o Residencial. As famílias beneficiadas em Porangatu foram selecionadas nas faixas 1.5 e 2 do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. O prazo de financiamento junto à Caixa é de 360 meses. Cada família pagará parcelas que variam entre R$ 300 e R$ 400 por mês.

Os três residenciais (Amazonas, Araguaia e Tocantins) foram executados pela Excel Construtora. Construídas em lotes de 200 metros quadrados, as unidades habitacionais vão de 42,80 metros quadrados a 50.88 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.