“Dou graças a Deus por ter você, Marconi, no comando do Estado”, diz prefeito

Por meio do convênio firmado com a prefeitura, no valor de R$ 1 milhão, 100% das ruas de Campo Limpo serão asfaltadas

Foto: Henrique Luiz/Governo de Goiás

Após comandar reunião neste sábado (19/8) em Ouro Verde do Programa Goiás na Frente, o governador Marconi Perillo foi recebido em Campo Limpo de Goiás, em um evento organizado próximo à sede da prefeitura. Acompanhado pelo vice-governador, José Eliton, o tucano assinou convênio com o prefeito Arivart Alves de Sousa, o Ari da Cerâmica, para repasse no valor de R$ 1 milhão, recurso que será utilizado para asfaltar ruas. Após a obra, não haverá mais nenhuma rua do município sem asfalto.

Marconi afirmou que 67 municípios já receberam os recursos para iniciar as obras do Goiás na Frente. frisou que a primeira parte do dinheiro é depositada na conta da prefeitura, tão logo esteja apta. “Os municípios que já terminaram de levar os documentos e fazer os projetos, já receberam a primeira parcela. Alguns já receberam a segunda. Terminou o projeto, o dinheiro da primeira parcela é depositado. Iniciou a obra, depositamos a segunda parcela”, explicou.

Ari da Cerâmica afirmou ter definido a destinação dos recursos, após ter sido recebido com sua comitiva pelo governador no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Ele agradeceu a ajuda e disse que o município cresceu graças à mão do Estado durante os quatro mandatos de Marconi.

“Dou graças a Deus por ter você no comando do Estado de Goiás. Antes da emancipação, éramos apenas um pequeno distrito. Hoje, uma cidade pujante. Seus moradores têm orgulho de dizer ‘eu sou de Campo Limpo’”, declarou o prefeito. “Graças à competência, coragem e muito trabalho do governador Marconi Perillo, Goiás hoje é um Estado de destaque nacional”, arrematou.

Para o deputado federal Roberto Balestra, que representa Campo Limpo na Câmara Federal, os prefeitos devem se inspirar em Marconi Perillo, “governador reeleito duas vezes”, por discernir o momento correto de investir. “Disse ‘não’, quando precisava dizer”, lembrou ao fazer referência ao ajuste fiscal implementado por Marconi no início da crise econômica e que possibilitou agora realizar tantos investimentos.

Participaram também da reunião o deputado federal Alexandre Baldy; os deputados estaduais Carlos Antônio e Nédio Leite; os secretários João Gomes (Habitação), Luiz Stival (Agehab) e Sérgio Cardoso (Articulação Política).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.