Detentos rendem agentes e fogem da Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia

Após início de rebelião, 24 presos conseguiram escapar pulando o muro da CPP

Após rebelião, 24 presos conseguiram escapar pulando o muro da CPP_Jornal Opção
Foto: DGAP

Presos iniciaram uma rebelião no Bloco B da Casa de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia, por volta das 22h da noite desta terça-feira, 24. Durante a confusão, detentos renderam agentes da unidade e realizam a fuga pulando o muro da CPP.

A rebelião foi controlada por agentes prisionais do Grupo de Operações Penitenciárias (Gope), Grupo de Intervenções Táticas (GIT),além de várias unidades especializadas da Polícia Militar, incluindo Giro, Rotam, e Bope, iniciaram as buscas na região após a fuga.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou por meio de nota que a unidade “está sob controle e que foram tomadas medidas necessária para garantir a segurança, a ordem e a disciplina no local”.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal (Sinsep), Maxsuell Miranda das Neves, informou ao Jornal Opção que 24 presos fugiram e 6 ficaram feridos. Os agentes penitenciários não se machucaram na ação.

Entre os fugitivos está Thaygo Henrique Alves Santana, condenado a 63 anos de prisão no caso da chacina na Serra das Areias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.