Deputado vai apresentar emenda que reduz ICMS do álcool anidro de 29 pra 23%

Proposta será apresentada sobre a matéria que revoga concessão de créditos outorgados ao setor

Questionado sobre a articulação com o setor sucroalcooleiro a respeito do projeto que revoga a concessão de crédito outorgado para o álcool anidro, o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais, Humberto Aidar (MDB), disse que está para chegar um acordo na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), incluindo, também, o álcool hidratado.

Segundo ele, a contrapartida vai ser uma redução no ICMS do álcool anidro e hidratado de 29% para 23%. Proposta que está sendo construída e já deve ser apresentada no início da próxima semana por meio de uma emenda ao projeto original.

“Não estamos aqui para atrapalhar nenhuma indústria e nem muito menos esse setor, vamos trabalhar em cima desse acordo e certamente vamos aprovar essa matéria”, assinalou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.