Deputado federal por Goiás defende permanência do Coaf com Sérgio Moro

Manutenção do Conselho dentro da estrutura do Ministério da Justiça está sendo discutida no Congresso

O deputado federal por Goiás Francisco Júnior (PSD) defendeu a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sob o comando do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

“Sérgio Moro é um símbolo do combate à corrupção, é ele quem deve comandar o Coaf. Deixar este conselho no Ministério da Justiça é uma sinalização de que a corrupção não tem mais vez no Brasil”, disse Francisco Jr.

A manutenção do Coaf dentro da estrutura do Ministério da Justiça está sendo discutida no Congresso, na comissão que analisa a medida provisória de reestruturação dos ministérios no governo de Jair Bolsonaro. Um grupo de parlamentares quer que o órgão seja transferido para o Ministério da Economia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.