Deputada assume luta antimanicomial em Goiás com projeto para humanizar tratamentos

Matéria apresentada na Assembleia Legislativa institui a semana de luta antimanicomial no Estado

Deputada estadual Leda Borges encampa luta antimanicomial em Goiás | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) apresentou um projeto na Assembleia Legislativa para instituir a semana de luta antimanicomial em Goiás. A ideia é conscientizar a ala psiquiátrica, famílias e os próprios pacientes de que existe tratamento no ramo com respeito, atenção e dignidade humana, sem retirar o indivíduo do convívio social e familiar.

O Brasil possui legislação em âmbito federal com a construção dos Centros de Assistência Psicossocial (Caps), que possui centenas de unidades espalhadas nas capitais, e planos orientadores sobre tratamento e assistência social e psiquiátrica, elaborado pelo Ministério da Saúde.

Em Goiás, a parlamentar acredita que esse tema precisa ser mais discutido, ainda mais com o avanço das chamadas “doenças do século” dentro da sociedade. “Crescem indicadores de depressão, automutilação, suicídio e até casos mais graves de esquizofrenia no nosso estado”, relata Leda Borges.

O projeto vai tramitar em comissão específica para ser aprovado em plenário e depois sancionado pelo governador de Goiás.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.