Delegado descarta ação de terceiros e acredita em feminicídio no caso de Pires do Rio

Fábio Tomazini é suspeito de matar companheira a facadas e se matar em seguida

Foto: Reprodução

O delegado responsável pela investigação da morte do casal Fábio Tomazini e Kátia Teixeira, em Pires do Rio, Igor Carvalho Carneiro, disse ambos foram encontrados na cozinha da residência e não há nenhum indício que aponte para ação de terceiros.

“Ambos foram encontrados mortos. A Kátia tinha facadas em várias partes do corpo, e ele quatro lesões no abdômen e uma no peito. Todos os elementos apontam para feminicídio seguido de suicídio”, ressaltou.

O filho da ex-prefeita de Pires do Rio, Cida Tomazini, Fábio Tomazini é suspeito de matar a mulher a golpe de facas e se matar em seguida. Os corpos do casal foram encontrados na noite desta quarta-feira, 6, na casa de Kátia Teixeira, localizada no Setor Nova Vila, em Pires do Rio.

De acordo com testemunhas, o casal morava em casas separadas e teria discutido após Fábio ir à casa da mulher. O Samu foi acionado e encontrou os dois sem vida, por volta das 22h de quarta. O casal, segundo o delegado, deixa dois filhos adolescentes. O sepultamento será às 15h desta quinta-feira, 7, e ocorrerá no próprio município.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.