Decathlon deve adaptar loja para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência

Estabelecimento, que não contava com formas de acesso adaptadas, deve instalar um elevador em até 2 meses

Foto: Reprodução/Oi Goiânia

Foto: Reprodução/Oi Goiânia

Após firmar termo de ajuste de conduta com a promotora de Justiça Marilda Helena dos Santos na última quinta-feira (30/7), a loja de materiais esportivos Decathlon deve adaptar suas instalações para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência.

O estabelecimento, que não contava com rampa de acesso ou elevador adaptado, deverá instalar um elevador de acesso à loja de acordo com as normas gerais e critérios básicos para a promoção de acessibilidade. As adequações devem ser concluídas em até 2 meses sob pena de multa diária de R$ 500 em caso de descumprimento.

Ao final do prazo, a Decathlon deve apresentar um relatório de conclusão das obras de acessibilidade do estabelecimento à promotoria.

* Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

Deixe um comentário