CPI dos Incentivos Fiscais é instalada e deputados garantem idoneidade

Comissão será presidida por Álvaro Guimarães (DEM) e terá na relatoria Humberto Aidar (MDB), que também foi seu idealizador

Foi implementada, nesta quinta-feira, 14, a CPI dos Incentivos Fiscais e já marcada a primeira reunião para segunda-feira, 25. Esta é composta pelos deputados Álvaro Guimarães (DEM), presidente, Humberto Aidar (MDB), relator, e Vinicius Cirqueira (Pros) na vice-presidência.

Além disso conta com os seguintes membros: Major Araujo (PRP), Talles Barreto (PSDB),  e os suplentes Thiago Albernaz (SD), Henrique Arantes (PTB), Lucas Calil (PSD), Tião Caroço (PSDB) e Coronel Adailton (PP).

Durante o encontro, o relator Humberto Aidar garantiu que esta CPI será tocada “doa a quem doer”. Além disso, o parlamentar afirmou que ela será estritamente técnica. “Só depois de colhidos dados é que chamaremos empresários e outras autoridades”, disse em forma de crítica à CPI da Enel, que já pretende convocar ex-governadores e outros nomes.

Humberto ainda disse ao Jornal Opção, que empresários estiveram na Casa antes da instalação para articular retirada de assinaturas da proposta. “Muitos empresários têm tentado que essa CPI não tenha prosseguimento e eu parto do princípio de que quem não deve não teme”, disse.

O presidente, Álvaro Guimarães, também pontuou que o objetivo da CPI não é de perseguir, mas de esclarecer os fatos. “Nesse tempo para o começo dos nossos trabalhados montaremos uma assessoria para fazer o que é nosso objetivo e não ficarmos desmoralizados”, sublinhou.

O deputado Henrique Arantes (PTB), que preside e é o idealizador da CPI da Enel ainda comentou que a dos  comissão dos Incentivos estaria melhor composta do que a sua própria. A fala seria uma referência aos embates que ocorrem dentro da comissão que investiga a empresa de energia, que culminou em faíscas com Alysson Lima (PRB) na tarde desta quinta, 14.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.