Corpo de Bombeiros registrou mais de 200 incêndios no final de semana

Corporação ressalta que maioria absoluta dos casos é oriundo do uso de fogo para limpeza. “É uma técnica muito comum em áreas rurais e urbanas”

Queimadas | Foto: Adailton Glória

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO), o número de incêndios florestais deste ano já superou os focos registrados ao longo do ano de 2018. Ao todo, foram 5.803 no ano passado. Este ano, de janeiro a agosto o número chega a 6.358.

O Estado tem sofrido com o número exponencial de queimadas. Segundo o Tenete Coronel Fernando Caramaschi, só no último final de semana foram registrados 92 incêndios no sábado, 14, e 113 no domingo, 15. “São mais de 200 em um único final de semana”, lamenta o militar. Para ele, a alta temperatura associada a baixa umidade e ventos fortes representam condições propícias para propagação das chamas.

“A maioria absoluta dos casos de incêndios é oriunda do uso de fogo para limpeza. Esta é uma técnica antiga e ainda muito comum em áreas rurais e urbanas. Precisamos que a população quebre essa resistência em atear fogo para fazer limpeza dos lotes. Isso acaba trazendo os números que observamos”. O militar ressalta que todos os anos o CBMGO realiza a operação Cerrado Vivo com o intuito de orientar a sociedade sobre o perigo da técnica.

A expectativa, segundo o bombeiro, é de que o período de chuvas possa amenizar a situação. Nos últimos meses do ano, com a chegada das chuvas, o número tende a cair. Veja:

“Mas sabemos que isso não vai acontecer por agora. A previsão que temos é para última quinzena de outubro. Até lá, continuaremos trabalhando intensamente no combate às queimadas e também com ações de conscientização dos cidadão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.