Conselheiro de meio ambiente de Caçu é preso por crime ambiental

Vereador Laureci Alves está em liberdade provisória mas não pode frequentar lugares com animais silvestres e peixes. Câmara decidiu não cassar mandato do parlamentar

| Foto: Reprodução/ Prefeitura de Caçu

Laureci também fazia parte da comissão de meio ambiente da Câmara | Foto: Reprodução/ Prefeitura de Caçu

Um dos vereadores da cidade de Caçu (GO), Laureci Alves (PRB), foi preso no último fim de semana depois de ter sido flagrado transportando caça e pescas ilegais. Além de ocupar uma das cadeiras da Câmara dos Vereadores, Laureci também era presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente.

A Polícia Ambiental apreendeu um veado e tucunarés abaixo do tamanho permitido. Eles chegaram até Laureci e aos dois homens que estavam com ele depois de receberem uma denúncia anônima. Os três estão em liberdade provisória, mas não podem frequentar locais com peixes, como rios e lagos, e nem qualquer lugar em que haja animais silvestres.

Por decisão judicial, ele foi afastado da presidência do órgão. Laureci também deixa de participar da comissão de Meio Ambiente, mas a Câmara entendeu que não cabe cassação de mandato. A conclusão dos parlamentares é de que não houve quebra de decoro e, portanto, o procedimento ideal é deixar a Justiça Comum aplicar as penas cabíveis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.