Confirmado: Gerador provocou incêndio no hospital do Rio de Janeiro

Ainda não está claro se o hospital seguia normas de segurança estipuladas pela Anvisa

Foto: Reprodução/Internet

Peritos da Polícia Civil e membros da própria instituição confirmaram a origem do incêndio que atingiu o hospital particular Badim, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira, 12. O gerador no subsolo do edifício foi o foco das chamas e fumaça que vitimaram 11 dos 103 pacientes internados na unidade.

Após a contratação de um empresa privada para drenar a água no andar, peritos da Polícia Civil analisaram na manhã deste sábado, 14, o início e a trajetória do incêndio. O fogo teve origem em um curto-circuito entre as 17h30 e as 18h da quinta-feira em um antigo prédio, onde funcionavam laboratórios do hospital. 

A regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece que a área de um hospital onde ficam os geradores deve ser isolada das outras alas por compartimentos preparados para tolerar incêndios. Ainda não foi divulgado se o Hospital Badim seguia esta norma de segurança.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.