Confiança do empresariado goiano registra baixa no mês de agosto, mas segue em patamar positivo

Índice mensal divulgado pela Fieg ficou em 59,2 pontos, redução de 2,3 pontos em comparação com julho. Pequenas empresas registram maior recuo  

O Índice de Confiança do Empresário do mês de agosto, divulgado pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) nesta quinta-feira, 22, mostra redução na confiança do empresariado em comparação com o mês anterior. Mesmo com a baixa de 2,3 pontos, o índice ainda é positivo, ficando na casa dos 59,2 pontos.

Na avaliação da assessoria econômica da Fieg, Januária Guedes, o ano tem sido marcado por oscilações do marcador, mas se manter acima dos 50 pontos demonstra que os empresários goianos seguem confiantes.

“As frequentes oscilações observadas no Icei têm acompanhado o cenário político. No geral, os empresários têm mantido a confiança, porém atentos às decisões do governo e na expectativa de uma política econômica que incentive o crescimento da atividade produtiva”, avalia a economista.

O índice deste mês está 3,1 pontos acima do registrado em agosto de 2018.

As pequenas empresas foram as que mais sentiram a queda na comparação com o mês imediatamente anterior, recuando 5,1 pontos. Entretanto, quando comparado a agosto do ano anterior, o aumento foi de 1,4 pontos.

As empresas de grande porte seguem com os melhores índices, com 61,8 pontos, indicando aumento de 4,7 na comparação com o mesmo mês do ano anterior, porém com queda de 2,6 pontos comparado a julho/19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.