Comando de Policiamento da Capital ganha nova sede que deve gerar economia aos cofres estaduais

Antiga sede era alugada e gerava um custo anual para o Estado de R$400 mil. Novas instalações são em prédio público e irá desonerar o Tesouro Estadual

Nova sede da CPC em Goiânia | Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira, 2, foi inaugurada nova sede do Comando de Policiamento da Capital (CPC), ao lado do Autódromo Internacional de Goiânia, no Park Lozandes. No evento, também foram entregues veículos, armas e munições para a Polícia Militar de Goiás.

As instalações foram cedidas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran Goiás) por determinação do governo estadual, como maneira de buscar maior economia para os cofres públicos. A antiga sede, na Avenida Perimetral, era alugada a um custo de R$33 mil. Agora, instalado em patrimônio público, o CPC economizará ao Tesouro Estadual R$400 mil por ano.

“É uma grande conquista para a PM, o que reflete na atividade fim. Aqueles que ficam na retaguarda, na administração, precisam de um local decente. É um efetivo muito grande, que gera muitas escalas e diversas horas de operação”, avaliou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Renato Brum.

A nova sede conta com recepção, antessala, gabinete do Comando, gabinete do Subcomando, auditório, salas do adjunto, para seção administrativa, planejamento operacional, material de logística, comunicação social, recursos humanos, inteligência, procedimentos administrativos e supervisão, além de alojamento para mulheres, dois banheiros femininos e dois masculinos, copa e refeitório.

Além da dignidade ao receber um espaço melhor, a Polícia Militar também foi guarnecida com 1.205 coletes balísticos, 30 carabinas, seis fuzis, 2.500 munições, 316.000 cartuchos, 1.421 unidades de materiais como capacetes, bastões e espargidores, além de 345 unidades de materiais como mochilas e luvas. Ainda, receberam a implementação de duas camionetes 4×4 para a realização de policiamento ostensivo.

Presenças solenes

A cerimônia contou com a presença do governador Ronaldo Caiado (DEM) e do secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda. Na ocasião, Caiado relacionou os resultados positivos das forças policiais com sua gestão combativa às irregularidades. “Onde não se tem o império da lei, a corrupção graça, prolifera, se sente acima do Estado, passa a ser ameaçadora. E quem é o penalizado? É o cidadão”, afirmou.

“A queda no número de homicídios alcançada em 2019, e que se repete agora em 2020 é histórica. Nos últimos 12 anos, pelo menos, que nós temos mensuração, não tivemos índices menores”, reforçou Rodney.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.