Com requerimento para manutenção, ciclofaixas seguem abandonadas na gestão Iris

Requerimentos de Andrey Azeredo (MDB) foram aprovados há dois meses e encaminhados ao titular da SMT

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após reportagem especial do Jornal Opção, o vereador Andrey Azeredo (MDB) apresentou dois requerimentos que pedem a manutenção e a fiscalização das ciclorrotas e ciclofaixas de Goiânia. Os documentos foram aprovados pelos vereadores e enviados ao titular da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), Fernando Santana. Acontece que já se passaram dois meses e as ciclofaixas seguem abandonadas pela gestão Iris.

Neste sábado (2/6), a reportagem percorreu diversos pontos da cidade e verificou trechos que dificultam o acesso de ciclistas e até a visualização por parte dos motoristas.

Desde o começo do ano, o Jornal Opção analisa a situação do circuito de ciclofaixas permanentes da capital que há mais de cinco meses é de total abandono. Com buracos e faixas delimitadoras apagadas, o uso das ciclofaixas se torna cada vez mais difícil. Há trechos em que não é possível sequer ver que existe a rota.

No Setor Bueno, no sentido do Parque Vaca Brava até o Parque Areião, a reportagem teve dificuldades para visualizar as marcas no asfalto, e o mesmo aconteceu em outros pontos da capital. Além disso, não havia um agente sequer da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) para auxiliar os ciclistas.

Procurada, a SMT garantiu que a revitalização desta sinalização está ocorrendo conforme o serviço chega onde estão instaladas, como já ocorreu no Vaca Brava, Areião e ruas que ligam os dois parques.

Deixe um comentário