Com mais de 50 anos de carreira, morre Sebastião Tapajós

A morte foi confirmada pelo hospital em que o músico esteve internado

Foto: Reprodução

Morreu neste sábado, 2, em Santarém, Pará, o violonista Sebastião Pena Marcião, artisticamente conhecido como Sebastião Tapajós. O músico tinha 79 anos de idade e foi vítima de um infarto agudo miocárdio.

Consagrado no Brasil e na Europa, o instrumentista deixa um legado de 57 anos de vida artística. Em reconhecimento a sua obra, Sebastião Tapajós recebeu em 2013 o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa).

Nota do hospital

A Unimed Oeste do Pará informa o falecimento do paciente Sebastião Tapajós Pena Marcião ocorrido nesta noite, 2 de outubro, no hospital Unimed, vítima de um infarto agudo do miocárdio.

Sebastião deu entrada no início da noite apresentando sintomas típicos de um infarto, entre eles, a falta de ar e foi encaminhado ao setor de reanimação, onde ficou por mais de 40 minutos sendo reanimado, sem sucesso.

Os médicos plantonistas, Dra. Musa Martins e Dr. Everaldo Otoni atestaram sua morte às 19:30.

A Unimed Oeste do Pará lamenta profundamente a morte do artista e músico Sebastião Tapajós e reconhece o legado deixado na nossa cultura e história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.