Com a saída de alguns nomes para disputa em 2020, FGM renova quadro de diretores

Ao todo, 31 novos prefeitos que já são reeleitos ocuparam cargos nos conselhos deliberativo, fiscal e nas coordenações setoriais

Prefeitos de diversos municípios goianos tomaram posse, por meio de Assembleia Geral Extraordinária, na tarde da última terça-feira, 8, na diretoria da Federação Goiana de Municípios. Os novos membros foram empossados devido a desincompatibilização dos antigos diretores que concorrerão a releição no processo eleitoral nos seus respectivos municípios.

Devido a pandemia do Covid 19, a posse ocorreu com atraso, no entanto, respeitando todos os protocolos como o uso das máscaras, medição de temperatura e preservando o distanciamento social. Ao todo, 31 novos prefeitos que já são reeleitos ocuparam cargos nos conselhos deliberativo, fiscal e nas coordenações setoriais.

A nova diretoria é liderada pelo Presidente da FGM, Cunha, tem ainda como o 1° vice-presidente o prefeito de Morrinhos, Rogério Troncoso; o 2° vice-presidente o prefeito de Bom Jesus de Goiás, Daniel Vieira.

Como diretor administrativo está o prefeito de Pilar de Goiás, Sávio Soares; diretor administrativo substituto o prefeito de Hidrolina, Oswaldo Reis; diretor financeiro o prefeito de Terezópolis, Francisco júnior; diretor financeiro substituto o Prefeito de Joviânia, Max Pereira; e, por fim, o diretor da Escola de Gestão Pública o prefeito de Vianópolis, Issy Quinan.

Em seu discurso, Jose Cunha, que tomou posse no ultimo dia, 4, deu boas vidas aos novos diretores e agradeceu a disposição de todos em assumir os cargos da diretoria, “Todos os nossos membros são prefeitos reeleitos que estão no cargo a no minimo 8 anos. Mostra a experiência em ajudar a FGM na representatividade dos municípios goianos”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.