Célia Valadão pode ser vice de Iris na disputa pela Prefeitura de Goiânia

Avaliação é que a vereadora representaria a força da mulher e o eleitorado católico. Ela não tem restrição dentro do PMDB

Reitor da PUC Goiás, Wolmir Amado (PT); Iris Rezende, Célia Valadão e Wellington Peixoto (todos do PMDB), Gracinha e Ronaldo Caiado (DEM)

Wolmir Amado (PT); Iris Rezende, Célia Valadão e Wellington Peixoto (todos do PMDB), Gracinha e Ronaldo Caiado (DEM) na Matriz de Campinas

No último domingo (22/5), vários políticos goianos estiveram reunidos na capital para a celebração da ascensão da Matriz de Campinas à basílica menor.

Na igreja, localizada no Setor Campinas, um comentário era recorrente nas rodas de conversas: a possibilidade da vereadora Célia Valadão ser indicada para vice da possível candidatura de Iris Rezende à Prefeitura de Goiânia em 2016.

Os dois estiveram juntos o tempo todo no evento e há quem diga que a decisão já está sacramentada, falta, agora, apenas o dia para o anúncio oficial. Pode ser no mesmo dia em que o PMDB lançará a pré-candidatura de Iris — e da chapa de vereadores.

A tese é de que Célia Valadão representaria a força da mulher e prestigiaria o eleitorado católico — é cantora e representante da Matriz de Campinas. Experiente, a parlamentar é fiel ao líder do PMDB e não tem restrição dentro do partido.

Dona Íris, ex-deputada federal, avalizaria o nome de Célia, mas prefere que o vice fosse de outro partido, como o DEM ou o Solidariedade — teria insistido para que o filho de Armando Vergílio, o deptuado federal Lucas Vergílio, aceitasse a indicação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.