CEI da Herança chega ao fim e chama Iris para prestar esclarecimentos

Prefeito ainda não confirmou presença. Relatório do vereador Jorge Kajuru (PRP) será apresentado na próxima sexta-feira (15/9)

Prefeito Iris Rezende (PMDB) foi convidado a comparecer na comissão que investiga contas públicas da prefeitura nos últimos oito anos | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) das contas públicas da Prefeitura de Goiânia, conhecida com CEI da Herança, que investiga as finanças da administração municipal nos últimos oito anos de gestão PT-PMDB, encerra as atividades nesta semana. O relatório do vereador Jorge Kajuru (PRP) será apresentado na próxima sexta-feira (15/9).

Antes disso, os vereadores esperam a ida do prefeito Iris Rezende (PMDB) à Câmara na próxima quarta-feira (13/9) para prestar esclarecimentos sobre tópicos abordados pela investigação. O peemedebista foi convidado, portanto não tem obrigação de comparecer.

Segundo a vereadora Priscilla Tejota (PSD), presidente da CEI, o que se espera é um extenso relatório que abordará irregularidades administrativas em diversas áreas da prefeitura. “Com certeza será um relatório extenso. Além de ter abordado diferentes tópicos, como Saúde, Educação, IPSM, a CEI também trabalhou com um longo período de tempo.

Ao Jornal Opção, ela garantiu que os fatos apurados podem culminar em denúncias contra os administradores. “Com certeza o material colhido, juntamente com o relatório, será encaminhado para o órgão responsável, seja a Dercap [Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública], Ministério Público ou o TCM, a depender do tópico”, explicou.

Dos temas abordados, a Priscilla Tejota destaca a situação da dívida da prefeitura com Instituto de Previdência dos Servidores de Goiânia (IPSM), a desorganização da folha de pagamento, a questão da conta única da prefeitura e suspeitas de improbidade e superfaturamento na Saúde municipal.

Priscilla Tejota assumiu a presidência da comissão depois que o vereador Zander Fabio (PEN) foi afastado do mandato após denúncia do MP no âmbito da Operação Multigrana. Também compõem do colegiado o relator Jorge Kajuru (PRP), Jair Diamantino (PSDC), Kleybe Morais (PSDC), Oseias Varão (PSB) e Tiãozinho Porto (Pros).

Antes da apresentação do relatório, nesta segunda-feira (11/9) os vereadores da comissão questionarão a secretária de Saúde Fátima Mrue.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.