“O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) é um centro de excelência onde pulsam as mais variadas expressões culturais e artísticas. É uma maravilha que Goiás merece e tem condições de abrigar”, afirmou presidente do IHGG

Pedro Araújo, Gustavo Henriques da Rosa e Jales Mendonça no Instituto Histórico e Geográfico de Goiás | Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Goiânia concedeu uma Moção de Apoio à iniciativa do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG) de transformar o espaço do Jóquei Clube de Goiás em lar de um Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). A casa aprovou em plenário o requerimento, que é de autoria do vereador Bruno Diniz Machado (PRTB), na sessão ordinária da última terça-feira, dia 24.

No ofício assinado pelo presidente da Câmara, Romário Policarpo, se lê: “A iniciativa desse respeitável Instituto merece prosperar, pois Goiânia, infelizmente, ainda não possui um lugar capaz de proporcionar a realização de trabalhos que incentivem a Arte e a Cultura, com valorização, especialmente, dos artistas da terra, além de ser de fácil acesso a toda a sociedade. As experiências das unidades do Centro Cultural Banco do Brasil (em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília) são bastante satisfatórias.”

O presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG), Jales Guedes Coelho Mendonça, afirmou ao Jornal Opção: “O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) é um centro de excelência onde pulsam as mais variadas expressões culturais e artísticas. É uma maravilha que Goiás merece e tem condições de abrigar. Entendo que tentar trazer o CCBB para cá é minha obrigação enquanto presidente do IHGG.”