Câmara realiza audiência pública para discutir reforma administrativa

Oposição questiona retirada de benefícios de servidores e a manutenção de secretarias extraordinárias. Projeto tramita na Casa desde a semana passada

Camara de Goiania

Vereadores abrem espaço para discussão do projeto, na Câmara Municipal | Foto: Câmara de Goiânia

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Goiânia realiza nesta sgeunda-feira (27/4) audiência pública para discussão da reforma administrativa proposta pelo prefeito Paulo Garcia (PT). De acordo com o presidente da CCJ, o vereador Elias Vaz (PSB), o objetivo é discutir tanto a macro quanto a microestrutura do projeto com a sociedade.

“Neste primeiro momento vamos discutir a macroestrutura do município; a extinção, junção ou permanência de pastas, e a microestrutura; diretorias e superintendências a serem extintas ou criadas”, afirmou o pessebista.

A CCJ convidou representantes das secretarias de Gestão de Pessoas e de Finanças, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg) e sindicatos para participarem da discussão, que acontece às 14h30 no Auditório Jaime Câmara.

Uma segunda audiência deve acontecer na próxima quarta-feira (29). Nela serão discutidas o corte de gratificações, comissões e contrato de resultados.

O projeto da reforma está em sua terceira versão e foi lido em plenário na última quarta (22). Agora, passa pela CCJ, que já o encaminhou para análise da procuradoria da Casa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

cida brito

Fim dos cargos comissionados e eleiçao ou concurso para chefe de unidades de saude e Ciams. So isso ja ajuda e muito na economia da prefeitura e fazem esses vereadores enxergar que o povo põe mais tb tira. Estamos de olho

cida brito

Não estamos pedindo aumento de salario, apenas nossos direitos que foram retirados