Câmara de Goiânia têm atividades suspensas até 1 de abril

Portaria prevê apenas funcionamento das atividades essenciais, desde que observadas recomendações de autoridades de saúde

Câmara Municipal de Goiânia | Foto: Fábio Costa/ Jornal Opção

A mesa diretora da Câmara Municipal de Goiânia prorrogou por mais sete dias a suspensão temporária de suas atividades presenciais em razão da pandemia do novo coronavírus. A portaria foi assinada na manhã desta terça-feira, 24, pelo presidente da casa, o vereador Romário Policarpo (Patriota).

Assim, a Câmara deve ficar fechada entre 25 de março e 1.º de abril. As atividades essenciais, no entanto, continuarão em funcionamento. Com a ressalva de se observar, com rigor, as recomendações das autoridades de saúde para controle da pandemia.

Na semana passada, a mesa diretora já havia suspendido por sete dias as atividades.

O plenário da Câmara de Goiânia realizou sessão extraordinária nesta terça-feira, 24, para apreciar pedido de autorização da Prefeitura para decretação de estado de calamidade pública em função da pandemia do coronavírus. O decreto legislativo foi aprovado por unanimidade em turno único, conforme estabelece a Lei Orgânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.