Cais do Jardim Guanabara sofre com falta de profissionais, insumos e equipamentos quebrados

População da região Norte de Goiânia denunciou situação calamitosa na unidade de saúde de Goiânia

Foto: Assessoria da vereadora Priscila Tejota

A vereadora Priscila Tejota (PSD) esteve na manhã desta segunda-feira, 11, no Cais do Jardim Guanabara, onde constatou situação calamitosa. Segundo ela, foi possível apurar falta de profissionais, de insumos e, ainda, foram encontrados equipamentos quebrados no hospital.

De acordo com a parlamentar, denúncias de moradores da região Norte de Goiânia antecipavam o quadro. “A má gestão e as péssimas condições em que se encontra a unidade de saúde estão prejudicando a população, que está sem atendimento em alguns serviços”, relatou.

Foto: Assessoria da vereadora Priscila Tejota

“O aparelho de raio-X não funciona por falta de insumos. A sala de atendimento odontológico emergencial não tem sequer condição de esterilizar os materiais, as paredes estão mofadas. Profissionais trabalhando sem luva e sem jaleco”, completou.

Ainda segundo Priscila, demandas como essa já foram apresentadas outras vezes para a secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, que alega estar tudo bem. Portanto, a vereadora decidiu acionar o Ministério Público e a Vigilância Sanitária para inspecionar o local.

“Os servidores não podem trabalhar dessa maneira e a população não pode ser atendida assim, com total descaso”, lamentou.

Jornal Opção contatou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que negou as denúncias. Por meio de nota, disse que  foi realizado balanço e reposição de medicamentos e insumos na unidade. Veja a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a denúncia não procede. No mês de janeiro foi realizado um balanço no almoxarifado. No Cais Jardim Guanabara foi foi realizada a reposição dos medicamentos e de material . Em relação aos equipamentos a secretaria informa que não há equipamento estragado , é feita manutenção preventiva e em casos que apresentam  algum problema o conserto é realizado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.