Caiado pode ser reeleito no 1º turno

Gustavo Mendanha (Patriota) fica 36,9 pontos porcentuais atrás do Governador

O pré-candidato à reeleição ao Governo de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil) possui 58% da intenção de voto entre os votos válidos de acordo com a pesquisa realizada pelo Instituo Brasmarket. Levantamento foi realizado entre os dias 9 e 3 de maio. No atual cenário, o atual governador seria reeleito no 1º turno com porcentual de votos semelhante ao alcançado há quatro anos.

Os votos válidos são aqueles em que se excluem os brancos e nulos, da mesma forma que o Tribunal Superior Eleitoral contabiliza os resultados de cada pleito. Em 2018, quando Caiado foi eleito no 1º turno com 1.773.185 votos, a porcentagem alcançou os 59,73% dos votos válidos.

A pesquisa do Instituto Brasmarket aponta que o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota) tem hoje 21,1% dos votos válidos. O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) soma 12,6%; o deputado federal Major Vitor Hugo (PL), 7,2%; e o ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado (PT) é lembrado por 1%.

Sem o tucano

Como o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) ainda não decidiu se sairá como candidato, o Instituo Brasmarket simulou um cenário sem a sua participação. Dessa forma, Caiado dispara com 63,9% dos votos válidos na disputa pela reeleição.

Gustavo Mendanha marca 26% dos votos válidos. Desafiante, o ex-prefeito está 37,9 pontos porcentuais atrás de Caiado. Major Vitor Hugo tem 8,4% dos válidos; Wolmir Amado, 1,7%. Nessa simulação, Ronaldo Caiado soma 63,9% contra 36,1% de seus adversários somados, distância de 27,8 pontos para os concorrentes.

A pesquisa ouviu 800 eleitores e tem margem de erro máxima de 3,4 pontos porcentuais para mais ou menos. O levantamento foi encomendando pela Associação Goiana de Nelore (AGN).

Uma resposta para “Caiado pode ser reeleito no 1º turno”

  1. Fiz confusão, não é 2 e 3 de maio. Porém a noticiário fez confusão também: ” entre os dias 9 e 3 de maio”?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.