Caiado nega que se encontrou com Daniel Vilela no escritório de Iris

Governador diz que está focado nas alterações do Teto de Gastos do estado, que vão garantir o ingresso de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal  

Aproximação entre DEM e MDB está sob batuta do ex-prefeito Iris Rezende, que articula para que o namoro entre demistas e emedebistas vá ao altar

O governador Ronaldo Caiado (DEM) negou que tenha se encontrado ontem (31) com o presidente do MDB estadual, Daniel Vilela, no escritório do emedebista e ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende. A declaração foi dada durante a solenidade de ampliação do Hemocentro Coordenador Estadual de Goiás Professor Nion Albernaz, na manhã desta terça-feira.

“Realmente eu não tenho conhecimento dessa reunião. O assunto que eu tratei ontem diz respeito ao RRF (Regime de Recuperação Fiscal). Este é o assunto que eu me dediquei ontem à tarde toda para que eu possa entregar o documento e poder junto a todos os deputados estaduais conscientiza-los da importância que nós temos em avançar em uma das exigências que o governo federal nos impõe, que é nós termos o Teto de Gastos aprovado. Essa é a matéria que tem me preocupado e tenho me dedicado em tempo integral”, disse.

Embora o encontro não tenho ocorrido, uma possível aliança entre DEM e MDB para 2022 tem sido discutida entre lideranças das duas legendas, como tem adiantado o Jornal Opção nas últimas edições, e aliados do governador. A aproximação está sob a batuta do ex-prefeito Iris Rezende, que articula para que o namoro entre demistas e emedebistas vá ao altar.

Segundo emedebistas, as conversas com o DEM é um dos pontos que deve ser levado aos correligionários do MDB nos próximos encontros regionais do partido, previstos para ocorrer no segundo semestre.

Daniel e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, devem participar de todos os eventos. Os dois são os mais cotados para participar, ao lado de Caiado, na chapa majoritária para a corrida ao Palácio das Esmeraldas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.