Caiado comemora resultados da Operação Carnaval e diz que Segurança tem avançado em Goiás


“Tenho certeza de que temos a melhor polícia do país e os índices mostram isso” disse o governador

Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, apresentaram nesta quinta-feira, 7, o Balanço da Operação Carnaval 2019, realizada entre os dias 1 e 5 de março. “Meu reconhecimento e agradecimento às forças da Segurança Pública que, em poucos meses, mostram o quanto Goiás tem avançado. Saímos de um Carnaval com dados extremamente positivos”, avaliou Caiado.

O foco da operação foi o combate aos crimes contra a vida e a redução de acidentes de trânsito, sobretudo os com vítima fatal. No comparativo com o Carnaval de 2018, a apreensão de armas teve uma queda de 21,78%. Já as abordagens policiais tiveram aumento de 18,07%, os cumprimentos de mandado de prisão aumentaram em 15,52%. As prisões em flagrante (20,13%) e apreensão de drogas (281,13%) também registraram aumento.

“A segurança pública está demonstrando a capacidade de superar as limitações com respostas positivas à sociedade goiana. Tenho certeza de que temos a melhor polícia do país e os índices mostram isso. Conseguimos avançar cada dia mais com o serviço de inteligência. Esse lado preventivo é motivo de comemoração no momento. Nossas tropas têm sido referência no país”, disse o governador durante apresentação dos índices.

Na apresentação, o secretário ressaltou que o Corpo de Bombeiros realizou mais de 6 mil ações preventivas e registrou uma queda de 42,865% em relação aos óbitos por afogamento no comparativo com o ano anterior. Outro dado positivo, segundo Rodney Miranda, é o fato de o sistema penitenciário não ter registrado incidentes graves durante o período.

O Procon Goiás fiscalizou 52 estabelecimentos, dos quais 76% foram autuados (42 deles), e 1059 itens apreendidos, somando 310 quilos de produtos impróprios para o consumo retirados de circulação.

Em relação aos crimes contra a vida todas as modalidades tiveram queda: Homicídio (41,46%), tentativa de homicídio (54,72%) e latrocínio (100%).  “Todos os crimes que atentam contra a vida, tiveram queda significativa. E vamos galgar, cada vez mais, resultados melhores”, afirmou o governador.

Caiado disse ainda que, apesar da crise, irá buscar mais recursos para a área. Ele pretende buscar formas de desburocratizar o acesso ao Fundo para a Segurança Pública junto ao General Teófilo, que representa todas as Secretarias de Segurança Pública do país, e estará em Goiânia na próxima semana. “Queremos uma modalidade semelhante à da Educação e Saúde, com o repasse direto e cada estado prestando contas do que fez, sem essa burocracia impeditiva”, explicou.

Mais de quatro mil servidores das forças policiais trabalharam na operação deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública e executada pelas polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), Procon Goiás e Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.