Brasil tem a menor taxa de transmissão do coronavírus desde abril de 2020

Levantamento semanal do Imperial College aponta que a doença, no momento, está sob controle no País, mas cuidados permanecem

Hora de otimismo? Taxa de transmissão cai no Brasil | Foto: Reprodução CNM

Segundo levantamento do Imperial College, de Londres, a taxa de transmissão (Rt) do Sars-CoV-2 no Brasil caiu para 0,60 na última semana. Isso significa que, para cada 100 pessoas contaminadas, a doença está atingindo outras 60 pessoas. Quando está abaixo de 1, a taxa de contágio indica que a propagação do vírus está em declínio.

É o menor índice desde abril de 2020, quando o Rt estava em 0,68. O índice reverte a tendência de alta observada há duas semanas, quando chegou a 1,04, o mais alto desde 22 de junho. Dentro da margem de erro calculada pela universidade britânica, o índice brasileiro atual pode variar de 0,24 a 0,79.

A taxa de transmissão é uma das principais referências para se acompanhar a evolução epidêmica do coronavírus. No entanto, especialistas costumam ponderar que é preciso acompanhá-la por um período prolongado de tempo para avaliar cenários e tendências, levando em conta o atraso nas notificações e o período de incubação.

Por ser uma média nacional, o Rt também não indica que a doença esteja avançando ou retrocedendo da mesma forma nas diversas cidades, Estados e regiões do Brasil. Além disso, a universidade britânica afirma que a precisão das projeções varia de acordo com a qualidade da vigilância e dos relatórios de cada país.

* Com informações do portal IG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.