Corpo de Bombeiros vai rever projeto de edifício irregular da Praça do Sol

Depois de autorizar, sem observar supostas irregularidades previstas nas próprias regras da corporação, técnicos decidiram reavaliar projeto

Depois de reportagem do Jornal Opção apontar possíveis novas suspeitas no edifício City Vogue Praça do Sol, empreendimento da construtora City Soluções Inteligentes, o Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás (CBMGO) vai solicitar nova vistoria e análise do projeto, que teria sido aprovado mesmo desrespeitando normas da própria corporação.

Segundo denúncia enviada ao Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), e ignorada pelo órgão porque “traz apenas suposições”, a fachada lateral esquerda indica aberturas com alumínio e vidro incolor com dis­tâncias inferiores a 1 metro, quan­do a Norma Técnica 09/2017 do CBMGO estabelece no item 6.2 que a distância mínima seja de 1,20 metro.

A norma assevera que se a distância não for respeitada, um provável in­cêndio pode dar mais trabalho pa­ra o controle, já que “o fogo que es­teja no andar de baixo, passa pa­ra o andar superior devido às chamas”. No item 6.2.1, fica claro a im­portância de se obedecer as normas: “as seguintes condições de­vem ser atendidas pelas fachadas, com intuito de dificultar a propagação vertical do incêndio pelo ex­te­rior dos edifícios”.

O Corpo de Bombeiros informou que não vai comentar aspectos técnicos da obra até que tenha um relatório da análise do projeto e da obra. Para tanto, o Departamento de Segurança Contra Incêndio e Pânico (Decip) vai demandar ao batalhão responsável pela área do empreendimento que pegue o projeto na City Soluções Inteligentes e avalie.

O Corpo de Bombeiros não arquiva projetos aprovados. A construtora convidou o Jornal Opção para visitar o local e ver o projeto mas, em cima da hora, cancelou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.