“Bombeiros de Goiás são os melhores do Brasil”, agradece Marconi

Governador agradeceu empenho dos militares, que arrecadaram mais de 120 toneladas de alimentos para vítimas de enchentes em PE e AL

Governador chega ao quartel dos Bombeiros acompanhado da primeira-dama | Foto: Eduardo Ferreira

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e a presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Valéria Perillo, participaram na manhã desta segunda-feira, na sede operacional do Corpo de Bombeiros Militar, do encerramento oficial da campanha e da saída dos caminhões com alimentos arrecadados em Goiás para as vítimas das enchentes dos estados nordestinos de Pernambuco e Alagoas.

A expectativa era que fossem arrecadadas 50 toneladas de alimentos, no entanto, o montante chegou a 132 toneladas, suficientes para lotar seis carretas do tipo baú.

Em função da longa distância a ser percorrida para entrega das doações, os alimentos perecíveis foram doados para a Sociedade São Vicente de Paulo, que atua em Goiás no acolhimento de idosos.

Na solenidade, Marconi lembrou que recente pesquisa nacional mostrou que, pelo sétimo ano consecutivo, o Corpo de Bombeiros é a instituição de maior credibilidade no Brasil, segundo ele, fator decisivo para o sucesso da campanha. “A verdadeira federação é essa, ancorada no princípio da solidariedade”, defendeu.

Investimentos

120 toneladas de alimentos arrecadados | Foto: Eduardo Ferreira

O tucano aproveitou para destacar os investimentos feitos na corporação nos últimos anos, que somam o montante de R$ 200 milhões, sem contar a valorização da carreira de Bombeiro Militar. Destacou que quando assumiu o governo pela primeira vez, em 1999, existiam em Goiás apenas três municípios com unidades do Corpo de Bombeiro Militar, hoje são 42 e, no final de 2018, serão 50. “Os bombeiros de Goiás são os melhores do Brasil”, afirmou Marconi, ao agradecer os integrantes da corporação pela forma com que se engajaram na campanha.

O governador revelou que quando veio à tona o problema das enchentes nos dois estados nordestinos ligou para o secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, e em seguida para o comandante-geral do Corpo de Bombeiros determinando que fosse deflagrada uma campanha para arrecadar doações da sociedade goiana às vítimas, no que foi prontamente atendido, com lançamento no dia seguinte.

Para Marconi, o grande volume de doações demonstra a força e a credibilidade do Corpo de Bombeiros Militar e o compromisso de seus integrantes aos princípios da “lealdade e da fraternidade”, que reforçam o lema dos bombeiros que é “salvar vidas”. Por fim, agradeceu aos goianos que demonstraram “espírito de carinho e solidariedade com os irmãos mais necessitados”, vítimas de enchentes.

O secretário Balestreri destacou, em sua fala, que o brasileiro é um povo que não se abate, mesmo em momentos de dificuldades como o que está passando, quando o País vive a maior crise econômica de sua história. Em relação à atuação dos bombeiros, disse que eles são verdadeiros “educadores da cidadania”.

O comandante dos Bombeiros de Goiás, coronel Carlos Helbingen, afirmou que “Goiás é um estado solidário”, prova é que a campanha mobilizou toda a sociedade. A primeira-dama, Valéria Perillo ressaltou que o gesto humanitário não mobilizou apenas o Corpo de Bombeiros Militar, mas toda a sociedade goiana, numa demonstração de solidariedade e de amor ao próximo.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, Manuel Cunha, encaminhou carta aos bombeiros de Goiás, na qual cumprimenta e agradece os goianos pelo gesto de solidariedade, a partir de um chamamento feito pelo governador Marconi Perillo, no sentido de ajudar verdadeiramente aqueles que necessitam de apoio.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.