Beth Caravalho morre no Rio aos 72 anos

A cantora estava internada desde 8 de janeiro. A causa da morte ainda não foi divulgada

Foto: Reprodução/Instagram

A sambista Beth Carvalho morreu nesta terça-feira (30) após vários meses internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade. A cantora tinha 72 anos e veio à óbito às 17h33m. A causa da morte ainda não foi divulgada.

A informação foi confirmada pelo empresário da cantora, Afonso Carvalho, por meio de um comunicado:

“Queridos amigos e fãs,

Nossa querida Beth Carvalho partiu hoje as 17:33, cercada do amor de seus familiares e amigos. Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro. Seu talento nos presenteou com a revelação de inúmeros compositores e artistas que estão aí na estrada do sucesso. Começando com o sucesso arrebatador de “Andança”, até chegar a Marte com “Coisinha do Pai”, Beth traçou uma trajetória vitoriosa laureada por vários prêmios, inclusive um Grammy pelo conjunto da obra. Assim que possível, informaremos sobre o sepultamento.”

Considerada madrinha de artistas como Arlindo Cruz, Jorge Aragão e Zeca Pagodinho, Beth Carvalho foi carinhosamente apelidada de “Madrinha do Samba”. Ela encerra hoje sua carreira, de mais de 50 anos, com dezenas de discos gravados e o reconhecimento de ter sido um dos maiores expoentes da história do samba.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.