“Base não quer só os desgastes da prefeitura”, avalia Denício Trindade

Do PMDB, ele reclama que aliados de Paulo Garcia na Câmara Municipal não foram convidados a vistoriar obras da UPA da Região Noroeste. Quem acompanhou o prefeito foi a deputada Adriana Accorsi (PT), cotada para sucedê-lo em 2016

Denício Trindade: "Base não quer só desgastes" | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Denício Trindade: “Base não quer só desgastes” | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

O vereador Denício Trindade avalia que não há distanciamento entre a bancada do PMDB na Câmara Municipal e a Comissão Provisória, da qual faz parte. A reclamação partiu, principalmente, do colega de partido Izídio Alves, nesta terça-feira (2/6). No entanto, registrou descontentamento pelo não convite por parte do prefeito Paulo Garcia (PT) para visitar as obras na nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Região Noroeste, na segunda-feira (1º).

Quem esteve por lá foi a deputada estadual Delegada Adriana Accorsi (PT), cotada para disputar o Paço Municipal em 2016. “Enquanto integrantes da base, nós temos que marcar presença. Não queremos só os desgastes da prefeitura, queremos também participar das ações positivas e do que traz vantagem ao município”, justificou o vereador.

Na visita técnica o prefeito teceu diversos elogios à deputada, inclusive mencionando, em tom de brincadeira, que poderia lançá-la como pré-candidata antes do tempo determinado.

Denício Trindade foi autor de requerimento que sugeriu que Paulo Garcia levasse vereadores da base e oposição para vistoriar o andamento das obras do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama), na sexta-feira (29/5), devido às constantes dúvidas levantadas sobre os trabalhos. Compareceram 18 parlamentares, entre eles três do Bloco Moderado e o presidente da Casa, Anselmo Pereira (PSDB). Além do tucano, nenhum  outro oposicionista foi ao evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.