Banco de leite do Materno Infantil intensifica coleta domiciliar durante pandemia

Apesar da suspensão do atendimento presencial, doações coletadas nas casas dobraram no período

Em balanço feito nesta terça-feira, 19, o Banco de Leite Humano (BLH) do Materno-Infantil (HMI) afirma só terem motivos para comemorar, já que hoje, data que se comemora o “Dia Mundial de Doação de Leite Humano”, o BLH registra estoque seguro, mesmo com os receios por conta da pandemia.

Desde o início do período a gestão optou por suspender as doações presenciais, focando em coleta domiciliar. Com a solidariedade das mães, o estoque chega a 200 litros. A coleta é feita em parceria com o Corpo de Bombeiros, que disponibiliza veículo de profissionais para as coletas.

“As doações são essenciais para a nutrição e melhoria da saúde dos bebês prematuros e de baixo peso que nascem no HMI. O leite materno é o alimento mais completo para o bebê”, destaca a coordenadora Renata Leles.

Para a doação são adotados critérios que consideram o bom estado de saúde da doadora, além de medidas de higiene durante a coleta, reforçadas pelas bombeiras. Além disso, Renata explica que o BLH segue rigorosos métodos de controle de qualidade.

“Após ser coletado, o leite é analisado e pasteurizado para que fique em condições sanitárias para o consumo. O leite é então congelado, podendo ficar armazenado por seis meses”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.