Arthur Lira repassa ao Senado a responsabilidade sobre ICMS de combustíveis

Lira afirmou que a proposta aprovada pela câmara foi recebida como intervencionista e eleitoreira pela “turma do mercado”

Arthur Lira | Foto: reprodução

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), publicou em seu Twitter que os deputados federais já fizeram sua parte no que diz respeito a redução do ICMS sobre os combustíveis, e que as cobranças devem ser feitas ao Senado. Lira justifica que os deputados já aprovaram a lei que mitigava os efeitos dos aumentos de gasolina e diesel, mas que a proposta foi repudiada pela “turma do mercado”.

Lira cita o governador do Piauí, Welligton Dias (PT), como um ator que cobra por reduções nos preços dos combustíveis, demanda que julgou eleitoreira. “Com os cofres dos Estados abarrotados de tanta arrecadação e mirando outubro, decidiram que é hora de reduzir o preço”, escreveu o presidente da Câmara. 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), sugeriu mudar a proposta que altera regras sobre o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) “Vamos buscar um meio termo nesse projeto que possa conciliar a previsibilidade de arrecadação, a previsibilidade do próprio consumidor em relação ao preço do combustível e, obviamente, olhar também o interesse dos Estados e olhar também os [interesses dos] municípios, para que haja essa convergência”, declarou o senador. 

Leia as publicações de Arthur Lira:

Uma resposta para “Arthur Lira repassa ao Senado a responsabilidade sobre ICMS de combustíveis”

  1. Avatar ziro disse:

    O congresso sequestrou o orçamento do país aos interesses, isso é ou não é uma ditadura?!?!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.