Arthur do Val tem o mandato cassado e perde os direitos políticos por oito anos

Todos os deputados da Alesp votaram pela cassação: 73 votos sim

Nesta terça-feira, 17, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou a cassação do mandato do ex-deputado estadual Arthur do Val (União Brasil). O “Mamãe Falei” já havia renunciado ao cargo em abril, mas agora, cassado, ele perde seus direitos políticos por oito anos, segundo a Lei da Ficha Limpa.

A cassação foi aprovada por todos os 73 deputados que participaram da sessão: 73 votos para sim, 0 para não e 0 abstenção. Era preciso somente de 48 votos para Arthur ter o mandato cassado, entre os 94 deputados estaduais da Alesp.

Arthur do Val é o primeiro deputado cassado pelo Legislativo Paulista em mais de 23 anos. O último parlamentar que havia sido cassado foi o ex-deputado Hanna Garib, acusado de fazer parte da chamada “máfia dos fiscais”, na época em que era vereador de São Paulo (SP). Do Val foi cassado após quebra de decoro parlamentar por dizer frases sexistas contra mulheres refugiadas na Ucrânia durante a guerra com a Rússia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.