Aras admite possibilidade de ser indicado ao STF, mas vê conflito entre cargos

Ex-AGU indicado, André Mendonça, enfrenta resistência do Senado para ter seu nome sabatinado

Aras admite possibilidade de ser indicado ao STF | Foto: Reuters

Em entrevista à Band News, Augusto Aras revelou que existe possibilidade de ser indicado para ocupar vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Em que pese admitir haver conversas nesse sentido, o Procurador-Geral da República negou ter se candidatado ao posto ou ter recebido algum convite.

Segundo o PGR, a conversa sempre ocorre em encontros fortuitos ou não. Caso venha a ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, Aras disse que “será uma grande honra”.

O ex-advogado-geral da União André Mendonça foi indicado pelo presidente em julho deste ano. No entanto sofre resistência do Senado para assumir o cargo. Parlamentares críticos defendem o nome de Aras para a vaga.

Por outro lado, o PGR vê conflito entre os cargos a serem ocupados. Segundo Aras, quem quer ser ministro do STF não pode ser PGR e vice-versa. A Constituição estabelece que o PGR deve se manifestar em todos os processos dos Supremo.

Uma reportagem do portal UOL fez um levantamento de que há 330 processos do STF no Ministério Público Federal. As ações aguardam manifestação do PGR. Dentre elas, 20 foram repassadas ao órgão entre 2019 e 2020. Nesta seara, o conflito entre os órgãos pode ser estabelecido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.