Após protestos de caminhoneiros, Maia anuncia redução de impostos sobre diesel

Depois de zerar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), presidente da Câmara dos Deputados diz que haverá redução transitória do PIS/Cofins

Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara dos Deputados| Foto: Luciana Lombardi

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), anunciou nesta quarta-feira (23/5) que vai incluir a redução transitória do PIS/Cofins no projeto de reoneração da folha de pagamento. Na terça-feira (22), Maia já havia anunciada a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) seria zerada.

Desde a última segunda-feira (21/5) caminhoneiros de todo o país bloquearam rodovias em protesto contra o aumento no preço do combustível. As manifestações foram anunciadas pela Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) e pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA).

A convocação dos caminhoneiros pela ABCam foi feita como forma de cobrar medidas para reduzir o impacto do aumento do diesel, entre elas a isenção de tributos.

Deixe um comentário