Apesar da aproximação de Vítor Hugo, Professor Alcides afirma que segue com Mendanha

Abertura de diálogo ocorre em meio a um racha na Câmara de Aparecida, onde Alcides tem perdido espaço para Magda Mofatto

Major Vítor Hugo e Professor Alcides, correligionários em lados opostos | Foto: Divulgação

O flerte entre os correligionários liberais Major Vítor Hugo e Professor Alcides ainda não provocou ruptura na relação política do aparecidense com Gustavo Mendanha (Patriota), pré-candidato ao Governo de Goiás, assim como Vítor Hugo. Oficialmente, Alcides elogia a disposição do bolsonarista em buscar união e harmonia, no entanto, garante que mantém apoio ao projeto político do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia.

Coincidentemente ou não, o major e o professor abriram diálogo em meio a um racha na Câmara Municipal de Aparecida. Antes território dominado por apoiadores de Alcides, o parlamento aparecidense agora se divide entre palanques para ele e para a deputada federal Magda Mofatto (PL), esposa do presidente do diretório goiano do Partido Liberal, Flávio Canedo. O casal, à revelia da vontade do presidente Jair Bolsonaro (PL), tem mantido apoio a Gustavo em detrimento de Vítor Hugo. O relacionamento estreito entre Mendanha e PL tem como um dos efeitos o fato de quase metade da Câmara de Aparecida ter declarado apoio a Mofatto. Até o presidente da Câmara André Fortaleza (MDB), um dos maiores apoiadores de Gustavo, abriu mão de ir às urnas para trabalhar em prol do ex-prefeito.

Em meio ao cenário de perda de espaço em Aparecida, Alcides esteve, a convite, na terça-feira, 03, no gabinete do Major, em Brasília. Segundo o professor, os dois dialogaram sobre as eleições deste ano, mas não houve fechamento de acordo para aliança. “Tivemos um longo papo e trocamos ideais a respeito do governo de Goiás. Foi um papo agradável e saí de lá satisfeito com a posição que o Vitor Hugo está tomando em busca de união, de harmonia”, diz e sublinha, em seguida, que apesar da agenda, mantém o “posicionamento de apoio à eleição de Gustavo Mendanha.” Vítor, por outro lado, resumiu o encontro de forma descontraída, mas indicando possibilidade de aliança. “Unidos na política e no penteado”, crava.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.