Deputado estadual eleito afirma que irá colaborar com Caiado, mas tem visto medidas do governador como políticas, deixando servidores no “fogo cruzado”

Deputado estadual eleito Alysson Lima | Foto: reprodução

Após as dificuldades do governo para entrar em acordo com os servidores sobre o pagamento da folha de dezembro de 2018, o deputado eleito Alysson Lima (PRB), que vinha estudando ser da base do governador Ronaldo Caiado (DEM), declarou oposição ao governo nesta sexta-feira, 18. Ele tem visto com receio as polêmicas da nova gestão.

“Vejo com preocupação a situação do Estado, o governo afirma que há a divida bilionária, o Tesouro Nacional diz que a situação não está tão crítica, então minha visão é que a situação esta mais para o lado da política, deixando os servidores neste fogo cruzado. Tem que resolver urgente”, declarou.

O parlamentar lembrou também, que a proposta do governo de pagar a folha do servidor em março “não deixa ninguém feliz e gera um desgaste muito grande”.

“Apesar de tudo isso, quero colaborar com o governo Caiado, não serei oposição por oposição. Será critica e respeitosa”, concluiu Alysson.