Alta nas vendas no final de 2021 deu fôlego ao varejo neste início do ano, diz Sindilojas-GO

Para o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás, controle da inflação, combate ao desemprego e recuperação do poder de compra serão determinantes para recuperação do setor

Nessa sexta-feira, 14, os números da Pesquisa Mensal de Comércio foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrando que o faturamento do comércio varejista em Goiás cresceu 11,4% entre novembro de 2020 e novembro de 2021. Nacionalmente, as vendas tiveram alta de 0,6% em novembro de 2021.

Isto, segundo o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO) gerou uma boa perspectiva para o setor neste início de ano. No acumulado de janeiro a novembro de 2021, a receita das empresas com vendas no varejo aumentou 12,3%.

Contudo, para o Sindicato a recuperação plena do comércio após a crise econômica gerada pela pandemia dependerá, principalmente, do controle da inflação, da queda nos índices de desemprego, da ampliação da oferta de crédito e da recuperação do poder de consumo do brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.