Nos mês passado, o ex-prefeito de Goianésia afirmou ao jornal Opção que não é candidato a nada

Apesar do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) estrear pílulas da propaganda partidária na TV e rádio, no mesmo dia que foram veiculados os vídeos do União Brasil, tendo como representante o governador Ronaldo Caiado, ainda está indefinido se o tucano será candidato ao Governo de Goiás. Enquanto isso, tem uma ala do Partido da Social Democracia Brasileira em Goiás exaltando o nome do ex-prefeito de Goianésia, Jalles Fontoura, para sair a vice dele na disputa ao Palácio das Esmeraldas em 2 de outubro.

No entanto, no início do mês passado, indagado pelo jornal Opção, Fontoura respondeu em breve palavras: “Não vou disputar qq [qualquer] mandato”. Isso porque, o nome dele também é cogitado para concorrer uma vaga na Câmara Federal. Porém, no ninho tucano de Goianésia, os irmãos Jalles Fontoura e Otavinho Lage formatam a candidatura de dois pré-candidatos a deputado estadual: Ronaldo Peixoto e Vandir Júnior, e de um federal, trata-se do deputado estadual Helio de Sousa.

Normalmente, Fontoura é visto em encontros do ex-governador Marconi e do pré-candidato ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha. Mas, cabe ressaltar, que Jalles Fontoura iniciou a carreira política no Arena, sendo deputado constituinte pelo antigo PFL, que depois virou DEM, mesmo partido a qual pertencia o governador Ronaldo Caiado (UB).